Brasil Afroempreendedor chega ao Maranhão

Nem a chuva que cai sobre São Luís (MA) foi obstáculo para a realização do Seminário do Projeto Brasil Afroempreendedor na capital maranhense. A atividade começou às 9h45, na Fundação da Memória Republicana Brasileira, com cânticos africanos entoados pela cantora Célia Sampaio e uma saudação de louvor aos orixás, através da mãe de santo Venina de Ogum. Aproximadamente 80 pessoas estavam presentes à cerimônia, que foi aberta à participação do público em geral nesta primeira etapa.

Em seguida, foram chamados a compor a mesa de abertura o coordenador institucional do projeto, Adilton de Paula, em nome do IAB, CEABRA e Anceabra, a consultora Ângela Machado, pelo SEBRAE Nacional, Valter Monteiro, representando o SEBRAE/MA, Ana Amélia Mafra, representando a regional da Fundação Cultural Palmares, Marta Maria Andrade, representando o Conselho Municipal das Populações Afrodescendentes, e Célia Pinto, representando o Conselho da Igualdade Racial do Maranhão.

Após a abertura, o consultor do Sebrae/MA, Valter Monteiro, apresentou aos participantes a palestra sobre “Desenvolvimento e o papel das micro e pequenas empresas no estado do Maranhão”. Durante a palestra, Monteiro destacou que no Maranhão o atendimento aos afro-brasileiros é grande, mas que a qualificação ainda é pouco representativa. Além disso, os empreendimentos ainda nascem muito mais por necessidade do que por oportunidade, o que é um problema do ponto de vista do valor agregado dessas iniciativas. Essa característica, segundo ele, não é exclusividade do Maranhão, mas ocorre em vários lugares do Brasil.

Em seguida, houve o lançamento do livro “Desenvolvimento e Empreendedorismo Afro-brasileiro – Desafios e perspectivas para o século XXI”, com a entrega de um exemplar, por João Carlos Nogueira, ao representante do Sebrae/MA. A publicação é composta por vários artigos que versam sobre o empreendedorismo afro-brasileiro, e está disponível na íntegra no site do IAB (www.institutoiab.org.br).

A parte da tarde está reservada para atividades exclusivas com os afroempreendedores inscritos para o seminário. Nela, o coordenador institucional do projeto, Adilton de Paula, apresenta o projeto Brasil Afroempreendedor aos inscritos. Em seguida, palestra temática com Orientações para elaboração de plano de negócios, Construção de cenários de sucesso e Análise de mercado será feita pelo consultor do Sebrae Nacional, Antônio Thobias. No final do dia, dois casos de sucesso serão relatados por Rosa Roxo, proprietária do Restaurante Crioula, e por Rosalina Oliveira, proprietária de um Salão Afro Zindzi, ambos empreendimentos situados em São Luís.

Amanhã dia 20 pela manhã, os afroempreendedores ouvirão a exposição sobre Organização dos Negócios, fontes de fomento e financiamento. Após o almoço, as palestras serão sobre administração e controle financeiro do negócio, gestão de tempo e de recursos, seguida de encaminhamentos, orientações e compromissos com a continuidade do projeto Brasil Afroempreendedor.

Este é o segundo seminário da série de doze do projeto. O primeiro foi em São Paulo, nos dias 13 e 14 de fevereiro. O próximo será em Florianópolis (SC), nos dias 13 e 14 de março.

Compartilhe!

Deixe o seu comentário, queremos ouvir você


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0