Notícias

Os donos de negócios no Brasil: Análise por raça/cor

Introdução

O estudo da segmentação do Público-Alvo do Sebrae é indispensável e deve preceder à elaboração de novos produtos e serviços. Em 2013 o Sebrae ampliou sua linha de estudos sobre os empreendedores de Pequenos Negócios, elaborando uma série de publicações inéditas sobre “Os Donos de Negócio no Brasil”, utilizando como recortes as principais variáveis que ajudam a caracterizar esse grupo de pessoas, por exemplo: o estudo sobre os Donos de Negócio por sexo (homem x mulher), por faixa etária (jovens x não jovens); Empresários, Potenciais Empresários e Produtores Rurais; etc. Este relatório tem como objetivo apresentar as principais características dos Donos de Negócio no Brasil, de acordo com a raça/cor declarada por eles. O trabalho utiliza como base as informações disponíveis nos microdados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) do IBGE, em especial a de 2011, a última disponível até o momento em que esta publicação foi elaborada.

Continue lendo

Empreendedorismo como estratégia de inclusão social

Na última década, entre os anos de 2003 e 2013, houve uma mudança visível no tratamento das relações raciais por parte da sociedade e do Estado brasileiros

A partir do reconhecimento da importância do tema, buscou-se construir uma agenda positiva para promover políticas públicas de igualdade racial. Esta é sem dúvida uma importante conquista do movimento negro contemporâneo que, no século XX, pautou a sociedade e o Estado sobre as desigualdades sociais e econômicas que atingiam majoritariamente a população negra brasileira.

Ao longo da década, iniciativas importantes foram anunciadas, como a criação da Secretaria de Políticas para a Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR/PR), em 2003; a Lei 10.639/03, que instituiu na educação as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana; a Política Nacional Quilombola, para atender às milhares de Comunidades Remanescentes de Quilombos; as Políticas de Ações Afirmativas, com destaque para as políticas de cotas nas universidades públicas e privadas, via Prouni, e a aprovação definitiva do Estatuto da Igualdade Racial, que consolidou como matéria jurídica vários direitos constitucionais nas áreas do trabalho, saúde, educação, cultura e inovou em temas cruciais para debelar o racismo institucional enraizado nas estruturas de Estado, nas empresas públicas e privadas e, evidentemente, nas mentalidades de parte da sociedade.

Continue lendo

Fabiano Moreira, dono da Unika Logistica, comecou como motoboy e hoje é empresário

Negros são donos de metade das micro e pequenas empresas

Negros e pardos já comandam 49% das micro e pequenas empresas do país, número que se aproxima da fatia que representam ma população (51%).

São 11 milhões de empreendedores, 28,56% mais do que em 2001, quando os negros eram donos de 43% dos micro e pequenos negócios com faturamento de até R$ 3,6 milhões anual. Os dados fazem parte de um estudo do Sebrae com base em dados da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) de 2011.

Entretanto, a renda média ainda é cerca da metade da renda dos empreendimentos de brancos. “A sociedade está se tornando menos desigual, mas as diferenças ainda são grandes”, diz o presidente do Sebrae Nacional, Luiz Barretto. “O grande desafio é reduzir a desigualdade na renda e isso se faz com capacitação.”

Continue lendo

Gallery shortcode is invalid.

Representante do Governo de SHANDONG (segunda maior e uma das mais ricas Províncias da China) visita o Brasil

INSTITUTOT ADOLPHO BAUER amplia relacionamentos e estende sua ação solidária para a parceria com a Gigante Nação Chinesa.

Visando conhecer melhor a realidade brasileira , divulgar sua cultura e aumentar o relacionamento socioeconômico, a Província de SHANDONG enviou uma representante ao Brasil. A Srta. YANG CHUCHU (Jéssica)  chegou A Curitiba no dia 1 de setembro  e retornara dia 2 de novembro a sua Província.

Com uma população de cerca de 96 milhões de habitantes, SHANDONG é uma das maiores e mais proeminentes Províncias Chinesas. Grande produtora de grãos e de produtos industriais, SHANDONG quer mais parcerias e  mais negócios com o Brasil.

Continue lendo

II Cúpula Ibero-Americana de Agendas Locais de Gênero

Repensando as cidades desde os direitos das mulheres

II Cumbre Iberoamericana de Agendas Locales de GéneroAs inscrições para participar da II Cúpula podem ser apresentadas até o dia 31 de agosto de 2013 e devem ser apresentadas preenchendo um formulário, que pode ser encontrado clicando aqui.

Os participantes irão participar ativamente mediante apresentação de comunicações resultantes dos estudos, análises ou tese relacionada com a igualdade de gênero, assim como também ao municipalismo em geral, e as experiências de gestão municipal. A data limite para apresentação dos trabalhos é o dia 30 julho de 2013.

Continue lendo

Tabela de marcas

Ranking destaca as marcas globais mais sustentáveis

Toyota ficou com o primeiro lugar em um relatório que analisou 50 companhias segundo critérios de governança, logística, engajamento dos acionistas, produtos e serviços, cadeia de fornecedores e iniciativas de cidadania em mais de 10 países.

A montadora japonesa Toyota foi reconhecida pela Interbrands, uma das maiores gestoras de marcas do planeta, como a companhia que possui o melhor conjunto de atividades e características para ser chamada de a “marca mais sustentável de 2011”.

Continue lendo

A importância da união dos trabalhadores

Combatendo a violência: Assédio moral no local de trabalho

A importância da união dos trabalhadores

 Apresentação: Todos contra o assédio moral

O assédio moral é uma praga que deve ser combatida sem descanso. Não é um fenômeno atual, já que desde sempre homens e mulheres são submetidos a humilhações e perseguições nos locais de trabalho. Contemporaneamente, mesmo com todos os instrumentos legais de proteção,
é visível o estrago na saúde de homens e mulheres provocado pelo autoritarismo no ambiente de trabalho e as exigências absurdas de índices elevados de produção.

O desenvolvimento dos processos de produção e o acirramento da competição por postos de trabalho são o motor do assédio. Por trás disso, está um sistema desumano, que trata homens e mulheres como máquinas, que implanta o medo e a perseguição nos ambientes de trabalho.

Aos sindicatos e órgãos públicos de proteção às/aos trabalhadoras/es cabe a proteção da parte mais frágil da relação de trabalho. Aos trabalhadores e trabalhadoras cabe a vigilância permanente para evitar as consequências do assédio. Apenas dessa forma poderemos reverter um quadro cada vez mais agressivo e preocupante.

Francisco Rodrigues da Silva Sobrinho
Presidente STIQFEPAR

Continue lendo

Nota de Falecimento

É com pesar que o INSTITUTO ADOLPHO BAUER comunica o falecimento do seu presidente Sr. DONIZAL LOPES.

O corpo será velado na CAPELA 01 DO CEMITÉRIO JARDIM DA SAUDADE, Rua João Bettega, 999, no Bairro Portão em Curitiba/PR, após às 14:00 horas de hoje 11/06, o sepultamento será definido pelos familiares quanto a hora e o dia.

Curitiba, 11 de junho de 2012

Entrevista: Teresa, a Batista

Em 1974, ao sair da prisão, ela recebeu do pai um relógio: sua hora tinha chegado. Seria difícil – não tinha bons antecedentes. Mas havia uma causa à vista

“Por que a Virgem de Czesto­cho­wa é negra?”, pergunta a polaquíssima Teresa Urban, 60 e poucos anos, antes de se render ao extenso questionário desta entrevista. Dis­trair-se é preciso. Conver­sas com a imprensa são para ela sinônimos de uma longa jornada noite adentro. Sabe que vai ter de passar pelo sótão do recém-demolido casarão dos Urban – na Bri­gadeiro Franco –; pelos porões da di­­ta­dura militar; por florestas e nascentes em perigo e, sem saída, pela defesa aguerrida do Código Flo­restal.

Continue lendo

Amazon Tech

Amazontech incentiva iniciativas empreendedoras na Amazônia Legal

Amazontech incentiva iniciativas empreendedoras na Amazônia Legal

O Tocantins, Estado mais novo da federação, apresenta uma localização geográfica privilegiada por estar no centro do Brasil, fazendo divisa com cinco Estados, além de integrar a Amazônia Legal. Esse ambiente o torna economicamente competitivo em relação ao transporte de cargas para todo o país, seja pelas rodovias federais, transporte aéreo e muito em breve pela Ferrovia Norte-Sul.

Palmas, a última capital do século 20, completamente planejada, é conhecida como uma terra de oportunidades, atrativa para migrantes e propícia ao aporte de novos investimentos. De acordo com o Censo Demográfico 2010, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Palmas foi a capital brasileira que mais cresceu na última década. Em 2000 a cidade apresentava uma população de 137,355 habitantes, hoje, conta com mais de 228 mil habitantes.

Continue lendo